Josué
11:21

Foi também durante esse período que Josué derrotou os gigantes todos - os descendentes de Anaque que viviam na zona das colinas, em Hebrom, Debir, Anabe, e nas montanhas, que hoje são de Judá e de Israel; matou-os e destruiu as cidades onde moravam. Não foi deixado nenhum dos anaquins na terra de Israel, ainda que alguns tenham ficado em Gaza, em Gate e em Asdode.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
Josué
13:2

São as seguintes as áreas que vocês ainda não ocuparam: toda a terra dos filisteus; a terra de Gesur; o território que agora pertence aos cananeus, desde o ribeiro do Egipto até à fronteira sul do Ecrom; cinco cidades dos filisteus: Gaza, Asdode, Asquelom, Gate, Ecrom; a terra de Avim ao sul; a norte era toda a terra dos cananeus, incluindo Meara que pertence aos sidónios, estendendo-se para norte até Afeque na fronteira com os amorreus; a terra dos gebalitas na costa; toda a área da cordilheira do Líbano desde Baal-Gad, ent

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
Josué
19:10

A terra dada à tribo de Zebulão: A terceira tribo a receber a sua concessão foi Zebulão. O seu limite começava a sul de Saride. Dali rodava para oeste, indo passar perto de Marala e de Dabesete até que atingia o ribeiro a leste de Jocneão. Na outra direcção a linha de demarcação ia para leste até à beira de Quislote-Tabor, e dali para Daberate e Jafia; depois continuava a nascente de Gate-Hefer, de Ete-Cazim e de Rimom, voltando para Neá.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
Josué
19:40

A terra dada à tribo de Dan: A última a receber terra foi Dan. As cidades que se incluíam na sua área eram: Zorá, Estaol, Ir-Semes, Saalabim, Aijalom, Itla, Elom, Timna, Ecrom, Elteque, Gibetom, Baalate, Jeude, Bene-Beraque, Gate-Rimom, Me-Jarcom, Racom, e também o território junto de Jope.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
Josué
21:23

As quatro seguintes cidades com as respectivas pastagens foram dadas pela tribo de Dan: Elteque, Gibetom, Aijalom e Gate-Rimom.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
Josué
21:25

A meia-tribo de Manassés deu as cidades de Taanaque e Gate-Rimom com as suas terras de pastagens à volta. Assim o número total de cidades dadas ao resto da divisão de Coate foi de dez.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
1 Samuel
5:8

E foram convocados os governadores das cinco cidades dos filisteus para uma conferência em que decidissem o que fazer da arca. Resolveram então levá-la para Gate. Mas quando a arca lá chegou, o Senhor começou a destruir a gente dali, tanto novos como velhos, com a mesma praga, gerando-se um pânico colectivo enorme. Enviaram pois a arca a Ecrom. Mas também a gente dali quando a viu chegar clamou: "Estão a trazer a arca do Deus de Israel para aqui para nos matarem também!"

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
1 Samuel
6:17

Os cinco modelos de tumores que tinham sido enviados pelos filisteus como oferta de expiação de culpa ao Senhor representavam ofertas por cada uma das cinco cidades dos filisteus: Asdode, Gaza, Aquelom, Gate e Ecrom.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
1 Samuel
7:13

Os filisteus foram enfim subjugados e nunca mais invadiram Israel durante todo o resto da vida de Samuel porque o Senhor foi contra eles. As cidades israelitas entre Ecrom e Gate, que tinham sido conquistadas pelos filisteus, tornaram à posse de Israel, porque o exército israelita pôde resgatá-las das mãos dos seus conquistadores filisteus. Houve enfim paz entre Israel e os amorreus naqueles dias.

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
1 Samuel
17:4

Golias, um grande guerreiro, originário de Gate, avançou, vindo das fileiras dos filisteus e pôs-se diante das forças militares israelitas. Tratava-se de um verdadeiro gigante, media para cima de três metros de altura! Trazia um capacete de bronze, vestia uma couraça que pesava uns cem quilos, tinha as pernas protegidas com caneleiras também de bronze, e a sua lança, do mesmo metal, era de vários centímetros de espessura, guarnecida com uma ponta de ferro de perto de doze quilos. O seu escudeiro ia à frente, carregando-lhe c

Portugués do IBS - Share the Word: Fav
/ Gate / Heb. Gath, `prensa de lagar`. A cidade é mencionada nas Cartas de Amarna do século XIV AC como Gimti e Ginti; e nos registos de Sargom como Gimtu. É uma cidade dos filisteus, cujo nome semítico parece indicar que foi fundada pelos semitas. No tempo de Josué era habitada pelo remanescente dos anaquins, homens de grande estatura (Js 11:22). O gigante Golias, que era de Gate (1Sm 17:4, 1Sm 17:23), foi provavelmente um deles (cf. Nm 13:33; Js 11:22). Gate tornou-se na capital da confederação filisteia de cinco cidades principais (Js 13:3; 1Sm 5:7-10; 1Sm 6:17). A Gate pertenciam as cidades subordinadas de Ziclague (1Sm 27:6); Jabné (2Cr 26:6) e Moresete-Gate - literalmente, `possessão de Gate` (Mq 1:14). Durante o reinado de Saúl, Gate era governada por um rei chamado Áquis (1Sm 27:2-11), que concedeu refúgio a David. Depois que David subiu ao trono, conquistou Gate (1Cr 18:1) e o seu neto Roboão fortificou-a (2Cr 11:8). Hazael, de Damasco, tomou-a mais tarde de Judá (2Rs 12:17) mas Uzias, de Judá, reconquistou-a e derrubou as suas muralhas (2Cr 26:3, 6). A partir daí, deixa de ser mencionada entre as cidades filisteias. Mais tarde, contudo, Sargon II diz-nos que tomou a cidade (Gimtu) durante a sua campanha contra Asdode, em 711 AC. Embora a cidade deva ter sido uma metrópole importante, não foi ainda identificada. A maior parte dos eruditos têm considerado Tell ‘Arâq el-Menshîyeh, que se situa cerca de 10,5 km a oeste de Beit Jibrîn (Eleuteropolis), como sendo a localização de Gate. Mas Tell es-Sâfî (que habitualmente se considera como tendo sido Libna), Beit Jibrîn e Tell esh-Sheri‘ah, cerca de 25.5 km a este-sudeste de Gaza, foram também sugeridas. Houve uma altura em que os eruditos israelitas penderam mais para Tell Sheikh el-‘Areini, cerca de 14.5 km a oeste de Beit Jibrîn, pelo que as autoridades de Israel mudaram o nome desta cidade para Tel Gat. Contudo, as escavações levadas a cabo por S. Yeivin, entre 1956 e 1961, mostraram que aquela tinha sido uma cidade insignificante no tempo em que Gate era uma das cidades principais dos filisteus. Portanto, esta identificação teve que ser abandonada. Por outro lado, as escavações levadas a cabo por E. D. Oren em Tell esh-Shari‘ah, entre 1972 e 1974 puseram a descoberto relíquias estruturais que se encaixariam entre os séculos XVI e VII AC (e períodos posteriores), encontrando-se entre elas uma fortaleza ou residência do governador e vestígios de um centro de culto, onde se podia ver imensa cerâmica filisteia e algum material importado do Egipto, de Chipre e outros locais. É, portanto, possível que Tell esh-Sheri‘ah seja a localização da antiga Gate, embora essa identificação ainda seja incerta.